Grande Theatro Unimed-BH
Dança
05 de Fevereiro

Traçado

Dança | 12 anos | 50min.

Coreógrafo e bailarino Welbert Melo buscou inspiração no cubismo e na poesia de Oswaldo Montenegro, Chico Buarque e Edu Lobo para desenhar no palco e na tela de pintura projetada os movimentos da vida que se transforma.

O coreógrafo e diretor artístico da Cia de Danças de Salão Café com Dança, Welbert Melo, buscou inspiração em dois universos distintos, mas que têm em comum a sensibilidade: as artes visuais do cubismo e a poesia de Oswaldo Montenegro, Chico Buarque e Edu Lobo.

No palco, 10 bailarinos se juntam a Welbert Melo, que também é dançarino e conhecido pela sua assinatura ímpar nas montagens, e como em uma tela de pintura desenham laços, traços e riscados onde tudo se mistura e se transforma, e a cada dança uma obra de arte em tela é criada. Ao som de músicas antigas, porém em arranjos vanguardistas, os movimentos evoluem segundo cada ritmo apresentado: samba, bolero, forró, salsa, zouk e tango. “É como se cada compasso reproduzisse as histórias do poema Metade, de Oswaldo Montenegro, e da música Beatriz, de Chico Buarque e Edu Lobo, em que elementos paradoxais como força, medo, tristeza, alegria, saudade, grito, silêncio, paz, vulcão, loucura e comédia se entrelaçam e costuram a vida como ela é, cheia de nuances, nada linear, com rabiscos, rascunhos, curtos ou longos, que traçam emoções e tecem o coração na finitude e delicadeza dos homens como se o ‘para sempre existisse sempre, mesmo que ele esteja sempre por um triz”, define Welbert Melo.

O diretor destaca que o espetáculo foi concebido para despertar os sentidos com danças, toques, cenários e encenações que podem ser metade plateia e metade canção. Assim como a vida, invadida por constantes mudanças e pelas surpresas de que muito do que se vê não é realidade e sim ilusão, o figurino também acompanha esse conceito e se altera ao longo da apresentação. As peças, de texturas de figuras geométricas, se transformam em outras, de tons pasteis a cores vibrantes.

 

Ficha técnica

Artes Cênicas (Teatro, dança, musical, ópera etc.)
– Texto/dramaturgia*:
– Direção*: WELBERT MELO
– Elenco*: WELBERT MELO, ANA CLAUDIA MALDONADO, RAFAEL MOYLE, MARINA SERVILHA, MARCIO INFANT, ROBERTA BOSON, LUCAS ADDAYAN, IOLANDA VILA NOVA, PEDRO HUGO, MARIANA VILLA E ALICE BAÊTA.
– Cenografia: WELBERT MELO
– Figurino: ANA CLAUDIA MALDONADO /I AM
– Direção musical: WELBERT MELO
– Iluminação: LEONARDO PAVANELO
– Sonorização: FELIPE BRAGA
– Produção: SULI FERNANDES E ROMEU NEVES

Outros eventos que você pode gostar

Grande Theatro Unimed-BH
Dança

09 de Fevereiro

Brasil das Gerais

INFORMAÇÕES E INGRESSOS
COMPRE SEU INGRESSO
DIAS E HORÁRIOS
  • Segunda, 05 de fevereiro às 21h
PREÇOS
  • OS INGRESSOS DEVEM SER RETIRADOS NOS POSTOS DO SINPARC OU UMA HORA ANTES DO ESPETÁCULO NA BILHETERIA DO TEATRO
  • INTEIRA R$ 40
  • MEIA R$ 20
  • SINPARC R$ 15

Bilheteria: Av. Amazonas, 315 – Centro.
Funcionamento: Seg - Sáb: 11:00 - 21:00 e Dom:11:00 - 19:00.
Horário especial nos feriados.
Telefone: (31) 3201.5211 ou (31) 3243.1964

A Partir de 1/12, de acordo com decreto n° 8.537 de 5 de outubro de 2015, só serão vendidos ingressos de “meia entrada de estudantes”, para aqueles que tiverem as CIEs ( Carteiras de Estudantes ) com os seguintes requisitos:
- Nome completo e data de nascimento do estudante
- Grau de escolaridade
- Foto do estudante
- Nome da instituição de ensino ao qual o estudante está matriculado
- Data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição
- Certificação digital observando o disposto no inciso 2º do Art 1º da lei nº 12.933 de 2013
. O decreto n° 8.537, não permite que os estabelecimentos aceitem boletos ou carteirinhas de cursos, como comprovantes para a compra da meia entrada.

Não arrisque perder o espetáculo que você está esperando!

Receba tudo por email!

(não enviaremos spam!)