Grande Theatro Unimed-BH
Teatro
27 e 28 de Abril

Casa de Bonecas – Parte 2 | Mostra Cine Brasil de Teatro

Teatro/Drama | 14 anos | 100min.

Clique aqui e compre seu ingresso!

Casa de Bonecas – Parte 2, uma continuação da peça clássica do norueguês Henrik Ibsen, apresenta-se na Mostra Cine Brasil de Teatro e Música.

Publicado em 1879, o clássico Casa de Bonecas, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828-1906) causou polêmica ao questionar as convenções sociais e o casamento como uma instituição. A peça até hoje é considerada feminista.

O texto ganha uma continuação na comédia dramática Casa de Bonecas – Parte 2, com dramaturgia do jovem autor norte-americano Lucas Hnathe direção de Regina Galdino, com tradução de Marcos Daude com os atores Marília Gabriela, Luciano Chirolli, Eliana Guttmane ClarissaKiste.

Na Casa de Bonecas, de Ibsen, Nora Helmer falsifica uma assinatura do pai e faz, em segredo, um empréstimo para salvar Torvald, seu marido, mas quando ele descobre a fraude, por causa da chantagem de um agiota, repudia a esposa, humilhando-a e negando que ela continue educando os filhos. O agiota devolve a promissória, salvando os Helmer, mas Nora, desiludida com a covardia e hipocrisia de Torvald, ao ver a posição inferior da mulher na sociedade, revolta-se e abandona o marido e três filhos pequenos.
No texto de Lucas Hnath a emblemática personagem Nora, agora uma escritora de sucesso, retorna 15 anos depois ao lar porque precisa oficializar o divórcio com Torvald. Popular por defender causas feministas, ela está sendo chantageada para negar suas ideias, pois uma mulher casada não poderia ter uma vida independente.

De volta ao núcleo familiar, Nora enfrentará a recriminação da criada, da filha mais nova e do marido por tê-los abandonado e por ter tido a ousadia de escolher o que fazer de sua vida. Diante da cobrança sobre suas responsabilidades de esposa, ela argumenta queo casamento funciona como uma prisão para as mulheres e que o amor deveria ser livre. Mais uma vez ela terá que decidir entre ficar à mercê dementiras, regras sociais equivocadas e da visão retrógada de seus entes queridos ou assumir sua identidade e lutar por um mundo diferente.

“Casa de Bonecas – Parte 2”, inédito no Brasil, foi um grande sucesso na Broadway e Lucas Hnath foi indicado ao Prêmio Tony 2017 de Melhor Texto.

A diretora Regina Galdino diz que o espetáculo chama a atenção pela qualidade dos diálogos. “O jovem autor, Lucas Hnath, desenha os diálogos como se fossem poemas modernos, gráficos, indicando ritmos, sonoridades, pausas, repetições e intenções que dispensam as tradicionais rubricas. O texto ganha uma musicalidade muito particular, e, num misto de comédia e drama, as relações das personagens surgem límpidas e cortantes, sem maniqueísmos. Futuro e passado, utopia e tradição, luminosidade e trevas, opção e necessidade, maturidade e juventude, coragem e medo, casamento e amor livre, são algumas das contradições que o público irá acompanhar nessa trajetória da personagem Nora em busca de sua identidade, negando a sociedade forjada em mentiras”, diz.

“Seguimos a pista do autor, que propõe uma sala vazia como ambiente único, e radicalizamos com um cenário não realista, símbolo do que se tornou a vida de Torvald depois que Nora o abandonou, deixando-o com três crianças para criar, em pleno século XIX. A encenação, simples, aposta na força do texto. Esperamos que os espectadores vejam a transformação das personagens acontecer diante de seus olhos, sem truques, em um teatro essencial alicerçado na interpretação dos atores”, finaliza Regina Galdino.

SINOPSE

Nora, a emblemática personagem criada por Ibsen no século XIX, volta à casa dos Helmer – 15 anos depois de ter abandonado o marido e seus filhos – em busca do divórcio. Em meio ao julgamento da criada, do marido e de sua filha mais nova revela seus ideais revolucionários sobre o amor livre e contra o casamento.

Ficha técnica

Autor: Lucas Hnath
Tradução: Marcos Daud
Direção Geral: Regina Galdino
Elenco: Marília Gabriela, Luciano Chirolli, Eliana Guttman e Clarissa Kiste
Trilha sonora: George Freire e Daniel Grajew
Iluminação: Domingos Quintiliano
Direção de arte: Theodoro Cochrane
Assistente de Direção e Pesquisa: Gerson Steves
Confecção de Perucas: Feliciano San Roman
Visagismo: Ulisses Cruz
Coaching: Ligia Pereira
Camareiro: Jô Nascimento
Operador de Luz: Newton Saiki
Operador de Som: Kleber Marques
Direção de Palco: Ângelo Macedo
Fotos: Miro
Programação Visual: Denise Bacelar
Produção Executiva: Paulo Ferrer
Direção de Produção e Administração: Fernanda Signorini
Produtoras associadas: Marília Gabriela e Fernanda Signorini
Patrono das artes: Aguinaldo Silva

Outros eventos que você pode gostar

Grande Theatro Unimed-BH
Drama, Teatro

05 e 06 de Abril

Violetas na Janela

INFORMAÇÕES E INGRESSOS
Teatro de Câmara
Infantil, Teatro

21 de Abril

Patuscada – Para Crianças

INFORMAÇÕES E INGRESSOS
Grande Theatro Unimed-BH
Teatro

01 e 02 de Junho

O Preço – Mostra Cine Brasil de Teatro

INFORMAÇÕES E INGRESSOS
Teatro de Câmara
Teatro

16, 17, 18, 24 e 25 de Agosto

Suspeitos – Um Crime Improvisado

INFORMAÇÕES E INGRESSOS
COMPRE SEU INGRESSO
DIAS E HORÁRIOS
  • Sábado, 27 de abril às 21h
  • Domingo, 28 de abril às 19h
PREÇOS
  • INTEIRA R$ 60
  • MEIA R$ 30

Bilheteria: Av. Amazonas, 315 – Centro.
Funcionamento: Seg - Sáb: 12:00 - 21:00 e Dom: 15:00 - 20:00.
Horário especial nos feriados.
Telefone: (31) 3201.5211 ou (31) 3243.1964

Loja Eventim - Shopping 5ª Avenida (sujeito a taxa de conveniência)
Rua Alagoas, 1314
Loja 20C– Savassi
BR - 30130-160 - Belo Horizonte

A Partir de 1/12, de acordo com decreto n° 8.537 de 5 de outubro de 2015, só serão vendidos ingressos de “meia entrada de estudantes”, para aqueles que tiverem as CIEs ( Carteiras de Estudantes ) com os seguintes requisitos:
- Nome completo e data de nascimento do estudante
- Grau de escolaridade
- Foto do estudante
- Nome da instituição de ensino ao qual o estudante está matriculado
- Data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição
- Certificação digital observando o disposto no inciso 2º do Art 1º da lei nº 12.933 de 2013
. O decreto n° 8.537, não permite que os estabelecimentos aceitem boletos ou carteirinhas de cursos, como comprovantes para a compra da meia entrada.

Não arrisque perder o espetáculo que você está esperando!

Receba tudo por email!

(não enviaremos spam!)

WhatsApp chat