13 de julho de 2020 • Live pra Rir

Ator mineiro Carlos Nunes encerra a primeira temporada do projeto Live pra Rir

Espetáculo Comi um pato e tô pagando a galinha | Live pra Rir
Data e horário: 14 de julho (terça), às 20 horas
Local: Canal do Cine Theatro Brasil Vallourec no Youtube
youtube.com/CineTheatroBrasilVallourec
Gratuito

Diante da nova realidade de isolamento social, devido à uma pandemia, surgiu um projeto pioneiro do Cine Theatro Brasil Vallourec: a primeira live de um espetáculo teatral no Brasil. Essa é a Live pra Rir.

Em sua abertura, o ator mineiro Carlos Nunes com o espetáculo Pérolas do Tejo. Sucesso de bilheteria, a montagem foi assistida por milhares de pessoas no teatro, mas em casa, seria a primeira vez. E o público gostou: mais de dez mil dispositivos estavam conectados ao canal do centro cultural no YouTube. Agora, quase três meses depois, o projeto chega ao fim da primeira temporada com mais uma apresentação de Carlos Nunes. O espetáculo “Comi uma galinha e tô pagando o pato” será exibido na terça, dia 14, às 20h, no YouTube do Cine Brasil, que inclusive já conta com 13,5 mil inscritos. Haverá tradução em libras, valorizando a inclusão.

O ator interpreta o presidiário Zé da Silva, narrando, com muito humor e pitadas de ironia, como foi parar na prisão após roubar a galinha de estimação da filha de um deputado. No enredo, o deputado entra com Projeto de Lei para transformar a galinha em animal sagrado no Brasil, assim como a vaca é na Índia.

Grandes nomes do teatro mineiro

Outros grandes nomes do teatro mineiro tiveram essa incrível experiência de encenar uma comédia com o espaço completamente vazio. Todos eles encontraram a mesma realidade: em cada lateral do palco uma câmera, apenas uma delas com operador. Em outro espaço do teatro, a intérprete de libras também faz o seu trabalho sem ninguém por perto. Assiste à cada cena por um monitor e faz a tradução. Na cabine de operações, apenas um técnico de som e luz. Assim são os bastidores da Live pra Rir.

Sempre primando pela mesma qualidade técnica e respeitando todas as orientações dos órgãos de saúde, as exibições têm um número mínimo de pessoas envolvidas, todas mantendo uma distância mínima de 2 metros entre eles e utilizando equipamentos de proteção individual.

A iniciativa é do Cine Theatro Brasil Vallourec e tem patrocínio do Instituto Unimed-BH, por meio do incentivo fiscal de médicos cooperados e colaboradores, e da Vallourec, ambos via Lei Federal de Incentivo à Cultura.

 

Não arrisque perder o espetáculo que você está esperando!

Receba tudo por email!

(não enviaremos spam!)

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *